Escolher a palete de plástico correta em função da atividade e/ou sector

Publicado el 08/06/2015

O uso que se pode dar a uma palete de plástico é muito variado e diferente em função da indústria que as inclui nos seus circuitos logísticos.

A Nortpalet desenvolveu projetos à medida em diferentes sectores, o que lhe permitiu adquirir um conhecimento dos mesmos, assim como detetar e conhecer as suas necessidades. Em função da atividade deve-se contar com a palete ótima para conseguir obter o melhor resultado da mesma.

Segundo o sector e a atividade da empresa podemos diferenciar dois grandes grupos

  • Paletes Heavy Duty: As referências da linha de paletes Heavy Duty são altamente resistentes, pensadas para suportar altas cargas numa reutilização continuada e eficiente. Têm uma maior vida útil e são 100% recicláveis. Além disso, os modelos denominados como reparáveis permitem aumentar o seu ciclo de vida mediante a substituição dos patins danificados por novos sem necessidade de substituir a unidade completa. Estes modelos são amplamente utilizados em sectores como farmacêutico, químico, automóvel, industrial ou alimentação e bebidas entre outros. Disponíveis nas medidas 1200×1000, 1200×800 e 800×600 mm.
  • Paletes leves ou “one-way”: Os modelos da linha considerados como leves são aqueles que têm menor peso dentro de cada tamanho e são a opção mais económica. Este tipo de paletes é recomendado para exportações de todo o tipo de produtos, para o transporte e armazenamento de mercadorias onde o fator €/kg transportado tem vital importância ou onde a palete não vai ser recuperada (“one-way”). Assim, são amplamente utilizadas pelo sector da carne ou da pesca para uso dentro dos seus circuitos logísticos. Os modelos com patins permitem a sua utilização sobre tabuleiros de rolos, estantes de rack e o empilhamento de mercadorias. Disponíveis nas medidas 1200×1000 e 1200×800 mm (R-PP e R-HDPE), também 800×600 e 600×400 mm (R-PP).

Alguns exemplos de paletes ótimas em função do sector e sua atividade apresentam-se a seguir.

  • Palete encaixável com patins reforçada: Este novo e galardoado modelo, é 42% mais leve que uma palete tradicional e consegue juntar num mesmo produto as duas principais vantagens procuradas nas paletes de plástico. A sua capacidade de encaixe permite eficiências nos custos logísticos e de armazenamento. E o seu reforço metálico garante um ótimo comportamento em rack com altas cargas. Conta com esquinas adaptadas para um ótimo envolvimento, zona especial para etiquetas e perímetro anti-impacto. Modelo recomendado para aplicações em que se transportem elementos embalados ou em caixas, e seja necessário uma elevada resistência na estante. Disponível nas medidas 1200×800 mm (versões com e sem reforço).
  • Palete leve apta para transporte aéreo: Esta palete 1200x1000 mm foi especialmente desenhada com um peso e uma altura otimizada que a torna num produto ótimo para os envios aéreos de mercadorias (“air freight shipments”) ou exportações onde se tarifa por €/kg transportado permitindo obter eficiências nos custos. A sua alta capacidade de encaixe, uma das maiores do mercado, é outra das suas vantagens já que permite o transporte de maior número de unidades por unidade de carga e redução de espaço no armazenamento em vazio. Disponível nas medidas 1200×1000 mm.

Os elementos reutilizáveis de transporte (ERTs) plásticos oferecem um maior ciclo de vida do produto, melhor impacto visual e reduzem os resíduos no circuito logístico. Além disso, outra das vantagens da palete de plástico é que cumpre as normas sanitárias na alimentação e não precisam de tratamento fitossanitário para exportação ou uso nos ambientes alimentares.