Assessoramento técnico

Definição

Existem uma série de parâmetros que são utilizados para especificar as diferentes soluções e descrevê-las de forma que possam ser comparáveis entre si.

Na Europa existem duas dimensões padrão que se correspondem, 1200x800 mm e 1200x1000 mm, sendo as paletes com a primeira dimensão as mais utilizadas na distribuição comercial e as paletes com a segunda dimensão as mais comuns em aplicações industriais. Regra geral, considera-se que estas dimensões correspondem às unidades de carga padrão para a grande maioria de aplicações. No entanto, durante os últimos anos a logística tem vindo a profissionalizar-se e, fruto do estudo e da análise de toda a cadeia de valor, apareceram outras dimensões novas, que demonstraram gerar eficiências importantes e que, por conseguinte, foram muito bem recebidas em alguns setores.

Regra geral, estas dimensões são frações das medidas padrão. Outras dimensões da palete, como a sua altura, as suas aberturas, etc., podem variar de modelo para modelo, mas as dimensões exteriores estão padronizadas.

  • Quarto de palete, 600x400 mm: Tanto a sua medida como o seu nome se reportam a uma palete europeia. Portanto, trata-se de uma unidade modular que pressupõe um quarto da unidade de carga padrão. São consideradas paletes expositoras (Display), e encontram-se habitualmente expostas no ponto de venda, posicionadas fora do expositor ou do rack, nos corredores e passagens, com promoções de produtos.
  • Meia palete, 800x600 mm: Tal como as paletes quarto de palete, as meias paletes reportam-se a uma palete europeia. Estas paletes correspondem exatamente a metade da unidade de carga padrão. A sua utilização está limitada aos produtos considerados de alta rotação, e permitem a exposição do dobro de referências no mesmo espaço. Por outro lado, facilitam a reposição de produtos diretamente no expositor ou no rack.
  • Palete europeia, 1200x800 mm: Representa a unidade de carga padrão no mercado europeu, e as suas dimensões estão normalizadas desde 1961, quando a União Internacional dos Caminhos-de-Ferro (UIC) introduziu a palete de madeira, batizada como palete EUR e vulgarmente denominada palete europeia.
  • Palete industrial, 1200x1000 mm: Tal como a palete europeia, a palete de 1200x1000, também conhecida como palete americana devido à sua semelhança com as medidas padrão americanas, é um padrão europeu. A sua utilização está muito disseminada em aplicações industriais onde se procura maximizar a quantidade de mercadoria transportada por cada palete.
  • Outras dimensões, 1000x1000 mm, 1200x1200 mm e 1300x1100 mm: Existem outras dimensões que, embora não sendo padronizadas, têm o seu âmbito de aplicação em circuitos fechados onde demostraram a sua eficácia.

Durante a conceção e o desenvolvimento de um produto novo, a Nortpalet realiza simulações e cálculos de carga para garantir a segurança da mercadoria transportada e também das respetivas manipulações nos diferentes ambientes e cenários. Posteriormente, é realizada uma série de ensaios ao produto de acordo com a norma UNE EN ISO 8611, através dos quais se definem as cargas que serão suportadas pelo produto durante a sua utilização. Por último, e graças à nossa zona de ensaios, a Nortpalet emprega um sistema de qualidade para produtos finais que nos ajuda a garantir que todos os nossos produtos cumpram as especificações definidas.

Regra geral, a capacidade de carga das nossas paletes de plástico é descrita mediante os diferentes tipos de carga que se descrevem em seguida:

  • Carga estática: Considera-se que uma palete está carregada estaticamente, quando está colocada numa superfície totalmente plana e horizontal. Geralmente, é o valor de carga mais alto de uma palete. Isto dá-nos uma ideia da resistência da palete à compressão.

  • Carga dinâmica: A carga dinâmica é a carga suportada por uma palete quando manipulada de forma convencional. Regra geral, esta carga é mais restritiva do que a estática e, dado a função principal de uma palete ser o transporte de mercadorias, este é o dado mais importante a ter em consideração.

  • Carga em rack: Considera-se carga em rack a quantidade de peso que uma palete pode suportar numa estante padrão e convencional apoiada apenas pelas duas partes laterais mais curtas. As paletes destinadas a esse fim superam uma prova de flexão para garantir um desempenho ótimo.

O peso de uma palete de plástico é um dos elementos mais importantes devido ao seu impacto na maior parte das características do produto, desde o seu preço até à sua capacidade de carga. Normalmente, maior peso, maior resistência, maior durabilidade, maior carga em rack, maior preço,… Assim, o peso da palete é a propriedade queG define a ama na qual esta se encontra, salvo para os casos como as palets Custom ou Hygienic que se caracterizam por outro tipo de propriedades.

No entanto, é importante ter em conta a otimização das diferentes conceções disponíveis no mercado, na medida em que esta regra não se aplica a produtos similares com uma diferença de peso muito pequena. Na Nortpalet, graças aos programas de conceção mais sofisticados, por um lado, e ao nosso vasto know-how, pelo outro, realizamos produtos otimizados com a menor quantidade de material possível que não só igualam, mas chegam a superar outros produtos com um peso ligeiramente superior.

Considera-se a resistência da palete a sua capacidade de resistir a impactos ou a manipulações acidentais, pelo que se trata de uma característica particularmente importante no que diz respeito à durabilidade da palete. Regra geral, a resistência da palete está intimamente relacionada com o seu peso e com a gama a que pertence, e não com a sua capacidade de carga. Desta forma, as paletes da gama Heavy Duty são mais resistentes do que as paletes da gama Medium, e estas, por sua vez, são mais resistentes do que as da gama Lightweight.

Por outro lado, a conceção do equipamento e o material utilizado no seu fabrico desempenham um papel muito importante. Uma vez definido o modelo que interessa, a conceção é uma constante, pelo que a seleção do material é a única variável da equação. De todos os materiais disponíveis, o HDPE, ou Polietileno de alta densidade, é o material com melhores propriedades perante o impacto, contudo, por outro lado, é o mais elástico. Seguem-se as paletes feitas de PP, ou polipropileno, sendo as menos resistentes as paletes feitas de materiais ECO. A resistência está intimamente relacionada com o custo do equipamento, pelo que é importante selecionar o nível ótimo para encontrar a eficiência máxima de custos.